Honram-me lendo meus escritos...

quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Concha do Mar

O
MAR
(DE ONDA!)
ME
DISSE
QUE
AMAR
CURA
E
DEFORMA
DE FORMA
SEGURA
A
AMAR
GURA
 
Cristiano Marcell


22 comentários:

  1. Ele não estava de onda. É verdade!! Abraços poeta!!

    ResponderExcluir
  2. Limerique

    Se existe no amor forma pura
    E portanto tudo se amar cura
    Deixe o amor ao mar
    Tudo ele vai curar
    Se retirar você sua armadura.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nesse comentário limericano você se superou!!

      Excluir
  3. É por esta e outras coisas que vale a pena parar tudo para ler suas poesias.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito grato, caro amigo, pela gentileza de seu comentário!!!

      Excluir
  4. Bonito demais Poeta, bem estruturado também, abraço.

    ResponderExcluir
  5. Que lindo Cristiano, o amor curando a amargura.Abração!

    ResponderExcluir
  6. Meu amigo

    Passando para agradecer a sua visita e adorei a sua poesia, estou seguindo para voltar mais vezes.


    Um beijinho
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  7. Olá Cristiano, ele (o mar) bem sabe que o amor tudo cura!!
    Parabéns pela bela poesia!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. ma(r)neiro!
    "Mar", multiformas de classificar.

    ResponderExcluir
  9. O mar é justo
    quando trás
    e quando
    quer levar.

    ResponderExcluir
  10. Que coisa linda !!

    (o mar tem me curado...ler isso
    foi como uma prece de agradecimento)

    obrigada!

    abç

    ResponderExcluir